As corredeiras do rio seguem seu curso, ora aceleradas, ora mais calmas. Nelas, botes infláveis se aventuram proporcionando emoções, bem-estar e muita adrenalina para quem se aventura nesse esporte. Inclusive, o rafting em Floripa é um dos passeios indicados para quem busca quebrar a rotina ou expandir os horizontes na prática esportiva.

O esporte, apesar de parecer ser perigoso, não tem restrições para idades e pode ser praticado por crianças, adolescentes, adultos e idosos. Porém, é necessário ficar atento aos níveis de dificuldades para saber em qual cada participante se enquadra.

Praticado de maneira segura, o rafting proporciona uma série de benefícios aos seus participantes: adrenalina, anti estresse, bem-estar, condicionamento físico, relaxamento, sociabilização, contato com a natureza, dentre outros.

Agora que você já sabe os benefícios desse esporte, que tal descobrir onde praticar rafting em Floripa? Então, confira as nossas dicas!

Onde praticar rafting em Floripa?

Para quem visita Santa Catarina, a dica é ir a Santo Amaro da Imperatriz, localizada na Grande Florianópolis, e procurar o Rio Cubatão do Sul. O local oferece água limpa e transparente, cercada por uma mata ciliar bastante preservada e com corredeiras em sequência, que garantem a diversão dos esportistas.

Afinal, são cinco quilômetros de extensão com 40 metros de desnível — o suficiente para liberar boas doses de adrenalina —, o que dá um percurso de duas horas, aproximadamente. Os botes reservados para a prática costumam suportar de cinco a sete pessoas (além do guia/instrutor). Ao final do trajeto, há uma parada para um mergulho revigorante.

Conheça a Pousada dos Chás

É seguro praticar o rafting?

Subir em um bote inflável, reunir uma turma disposta a remar por duas horas e encarar corredeiras e desníveis não parece ser o passeio mais seguro, não é? Porém, o rafting mostra exatamente o contrário. A prática desse esporte é sustentada pelo uso obrigatório de uma série de materiais de segurança que garantem o bem-estar dos participantes.

Isso sem falar no acompanhamento de instrutores, que também fornecem todas as informações necessárias para a execução de um bom percurso. Mas lembre-se: existem diferentes níveis de correnteza e, como já mencionado, é necessário averiguar qual o melhor para você praticar. Feito tudo isso, a diversão é garantida!

Como chegar?

Santo Amaro da Imperatriz, que está situada no Parque Estadual da Serra do Tabuleiro e abriga o Rio Cubatão do Sul, está a 35 quilômetros de Florianópolis. Não há dificuldades para chegar ao local e pode-se aproveitar o passeio em um dia, contando o tempo de deslocamento de ida e volta para a Ilha da Magia.

Apesar de ser um esporte radical — que além da adrenalina, também envolve riscos —, essa modalidade proporciona experiências e cenários únicos para os seus praticantes. Mas antes de praticar rafting em Floripa, assim como em outras localidades, procure um serviço especializado, que poderá garantir a sua segurança e uma bela descida.

Gostou deste artigo? Então, deixe um comentário no post contando as suas experiências com esse esporte e sobre como foi encarar um desafio na Ilha da Magia!

 


Escreva um comentário