Será que você está precisando de férias? Não ter hora para acordar, poder viver os seus dias sem pensar em trabalho, chamar a família para fazer aquela viagem que estava programada há um bom tempo, tudo isso parece ser ótimo!

Mas muitas pessoas têm dificuldade de se permitir dar um tempo longe do trabalho e, enfim, verdadeiramente descansar. Afinal, nem sempre é possível fazer isso aos finais de semana, que duram apenas dois dias — dependendo do emprego, apenas um.

A Síndrome de Burnout, causada pelo excesso de trabalho, tem se tornado cada vez comum. Para você não chegar a esse ponto, é fundamental cuidar da sua saúde mental, e isso significa relaxar e aproveitar as férias. Nesse texto, vamos citar 6 sinais que mostram se você está precisando delas. Veja quais são eles!

1. Cansaço e desânimo

Os dias demoram a passar, você se sente desmotivado no trabalho, tem dificuldade para levantar da cama todos os dias? Caso tenha se identificado com essas situações, possivelmente está precisando de férias.

A exaustão profissional ainda pode acarretar prejuízos nas outras áreas da vida. Por exemplo, o cansaço e desânimo não aparecem só durante os dias úteis, como também aos finais de semanas.

Portanto, você já não sente mais tanta vontade de sair com os amigos ou a família e deixa de fazer programas que antes traziam prazer. Prestar atenção nesses sinais é algo fundamental para não deixar a situação se agravar ainda mais.

2. Superdimensionamento dos problemas

Aconteceu um problema pequeno, e você achou que aquilo era o fim do mundo? Nesse caso, estamos falando não apenas de erros que você comete, como também os que as pessoas praticam.

O seu filho quebrou um prato sem querer, o seu colega de trabalho errou ao inserir os dados em uma planilha, você se esqueceu de marcar uma consulta com o seu médico: essas situações tiram você do eixo? Caso a resposta seja afirmativa, então isso significa que você está superdimensionando os problemas.

Algumas pessoas podem até ver isso como um drama, mas, para você, esses acontecimentos são bem graves. E é aí que mora o problema. Afinal, permitir que pequenos problemas abalem a sua rotina afeta diretamente o seu estado emocional.

3. Irritabilidade

Diretamente ligada ao superdimensionamento dos problemas, está a irritabilidade. Se você não consegue controlar as suas emoções diante de imprevistos, isso é sinal de que precisa tirar um tempo para si e relaxar sem pensar nas obrigações diárias.

Você anda brigando mais com integrantes da sua família? Tem discutido frequentemente com colegas de trabalho? Fica irritado até com desconhecidos (quando eles esbarram em você, por exemplo)?

Se a irritabilidade não é uma característica comum da sua personalidade, certamente ela demonstra que você está desgastado emocionalmente. E isso prejudica não apenas a sua saúde mental, como também a sua relação com as outras pessoas. Considere que ninguém gosta de ouvir ofensas ou respostas atravessadas.

Conheça a Pousada dos Chás

4. Dores

Até o seu corpo sabe avisar quando você está precisando de férias. Caso esteja sentindo dores de cabeça e nas costas, vista cansada e, inclusive, problemas estomacais, pode ser que o seu nível de estresse esteja bem alto.

Isso acontece porque o seu corpo fica mais sensível e, com ele, a imunidade diminui, deixando o seu organismo menos resistente. Sim, o estresse é capaz de causar isso! Então, é importante ficar atento aos sinais que o seu corpo transmite e saber como contornar essa situação.

As dores afetam diretamente a sua rotina, impedindo, muitas vezes, que você realize tarefas que antes eram comuns, como as atividades físicas que, inclusive, ajudam no alívio do estresse. Lembre-se que elas ainda podem dificultar a sua produtividade no trabalho, já que trabalhar sentindo dores não é algo agradável, né?

5. Menor produtividade ou maior incidência de erros no trabalho

Após um tempo no mesmo emprego, você consegue identificar como é a sua produtividade e, certamente, até já elaborou estratégias para otimizar o seu tempo no trabalho. No entanto, quando a fadiga profissional chega, o rendimento costuma diminuir bastante.

Isso acontece porque o cansaço e o desânimo batem na porta, tornando difícil que a rotina continue a mesma. Se você não está bem, isso inclusive afeta a sua produtividade, o que também pode trazer consequências negativas para a sua empresa.

Outro problema que acontece é a maior incidência de erros no trabalho. Por não estar totalmente focado e empenhado nas tarefas, as falhas ocorrem com maior frequência, prejudicando o andamento das atividades.

Ou seja, o seu chefe pode reclamar, os seus colegas de trabalho podem estranhar esse comportamento que não era comum. Portanto, como são prejuízos capazes de afetar a sua carreira, então é importante tomar cuidado com isso.

6. Negatividade

Um dos sinais mais graves de que você está precisando de férias é a negatividade, também vista como pessimismo. Você passa a considerar o seu trabalho ruim ou irrelevante, duvida da sua capacidade profissional, questiona-se sobre as suas escolhas na carreira.

Caso a negatividade esteja bem forte, é possível que ela se alastre para outras áreas da sua vida. Nesse caso, vão surgir questionamentos sobre as suas escolhas em relação à família, aos amigos, relacionamentos.

Tudo isso, é claro, passa a ser visto como algo negativo. Essa insatisfação, acompanhada do pessimismo, é bem perigosa para você, pois podem influenciar no seu comportamento com as pessoas e afetar as suas relações. Por isso, é importante ficar atento a esses sinais.

Como você pôde notar, existem diversos indícios que são capazes de mostrar se você está precisando de férias. Logo, é primordial prestar atenção no seu dia a dia e identificar se essas situações estão presentes na sua rotina, atrapalhando o seu dia a dia e afetando o modo como você se relacionar com as pessoas. Caso estejam, você já sabe qual é a solução: férias já!

Para aproveitar as suas férias, recomendamos que passe um tempo na Pousada dos Chás, desfrutando dos serviços completos que são oferecidos nessa região de Jurerê em Florianópolis. Ficou interessado? Para saber mais, entre em contato conosco!

 


Escreva um comentário