Localizada ao norte da Ilha de Santa Catarina, em Florianópolis, a 25 quilômetros do centro da cidade, a Fortaleza de São José da Ponta Grossa é um dos pontos históricos mais incríveis da região.

A fortaleza fica no ponto mais alto do morro da Ponta Grossa, com vista para a Praia do Forte. O início de sua construção data de 1740. Em 1938 ela foi tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Além da vista privilegiada, a arquitetura e a história do local valem a visita.

Quer conhecer mais detalhes sobre a Fortaleza de São José da Ponta Grossa? Continue a leitura e descubra que a chamada Ilha da Magia tem muito mais do que lindas praias para você conhecer!

Conheça a história da Fortaleza de São José da Ponta Grossa

No século XVIII, com o intuito de proteger a ilha e assegurar o domínio português, quatro fortalezas foram construídas na região. Três delas (São José da Ponta Grossa, Santo Antônio de Ratones e Santa Cruz de Anhatomirim) formam um triângulo na região norte de Florianópolis.

A construção da Fortaleza de São José da Ponta Grossa foi concluída em 1744. Alguns anos depois, em 1765, para completar a defesa em sua área leste, foi construída a Bateria de São Caetano da Ponta Grossa.

Por vários anos a fortaleza ficou abandonada e sofreu degradações. Com o tombamento em 1938 ela passou a ser recuperada. Entre 1970 e 1980 o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) começou a restaurar o local e executar pesquisas arqueológicas.

Em 1990 a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) deu continuidade ao trabalho e atualmente existe uma exposição permanente dos artefatos encontrados, na Casa do Comandante.

Conheça a Pousada dos Chás

 

Confira as razões para conhecer a Fortaleza de São José da Ponta Grossa

Além de mergulhar na cultura e patrimônio histórico e artístico, a fortaleza merece sua visita por diversos motivos. Vamos conhecer alguns:

Vista privilegiada

Como fica no topo do morro da Ponta Grossa, entre as praias de Jurerê e do Pontal, a fortaleza permite uma visão de tirar o fôlego. Toda a região norte da ilha pode ser vista do local.

Exposição arqueológica

Em uma das construções da fortaleza, a Casa do Comandante, é possível conhecer diversos artefatos arqueológicos, escavados pelos pesquisadores da UFSC.

Construções preservadas

Além da Casa do Comandante, o local abriga também a Capela de São José, primeira construção restaurada pela UFSC, a Bateria de São Caetano e o Quartel da Tropa. No Paiol da Pólvora é possível ver uma exposição fotográfica que mostra todos os trabalhos de restauração feitos no local.

Atelier de rendeiras

No espaço do antigo Quartel da Tropa funciona um dos núcleos ativos das rendeiras de Florianópolis, que explicam as técnicas aos visitantes, produzem e comercializam as rendas de bilro.

A beleza única da fortaleza vale a visita e é um passeio diferente das tradicionais praias. É possível chegar ao local por terra, pela Rodovia SC-401 até o trevo de Jurerê Internacional, e depois seguindo as indicações. Por mar as escunas partem de diferentes pontos de Florianópolis.

A Fortaleza de São José da Ponta Grossa fica aberta todos os dias do ano, a partir das 9 horas. Entre os meses de março e dezembro o local fecha às 17 horas. Nos demais, ela permanece aberta até as 19 horas. O ingresso custa R$ 8,00. Crianças até cinco anos, idosos acima de 60 e estudantes pagam meia-entrada.

Ficou interessado em conhecer a fortaleza e outros pontos turísticos da Ilha da Magia? Então não deixe de conferir todas as nossas dicas e aproveite para escolher a melhor opção de hospedagem no local!

Escreva um comentário