Também conhecido como capim-santo ou capim-cidreira, o capim-limão é uma erva que pode ser usada de diferentes maneiras, desde tempero para alguns alimentos, conferindo um perfume inconfundível ao prato, até na forma de óleo essencial, utilizado com finalidade medicinal e terapêutica. O chá de capim-limão é uma das formas mais comuns de uso, proporcionando vários benefícios, além do sabor.

Entre as propriedades do capim-limão, destacam-se os efeitos antisséptico, antimicrobiano, analgésico e anti-inflamatório. Além disso, especialmente na forma de chá, a erva proporciona efeito relaxante e oxidante, ajudando a combater o estresse. Usado em forma de tintura, é repelente e evita doenças transmitidas por mosquitos.

Continue a leitura de nosso post para conhecer todos os benefícios do chá de capim-limão e inclua a bebida em sua dieta!

Quais são as propriedades do capim-limão?

Como destacamos, essa erva, de origem asiática, é bastante usada no Brasil com finalidade terapêutica. Seus benefícios devem-se a algumas propriedades, decorrentes da presença de substâncias como:

  • citral (antimicrobiano e antifúngico);
  • geraniol;
  • metileugenol;
  • mirceno (tem ação analgésica);
  • citronelal;
  • ácido acético;
  • ácido caproico.

Devido a tais elementos, a erva é bastante utilizada na indústria química, farmacêutica, na perfumaria e na aromaterapia. Além das propriedades do citral e do mirceno, os demais componentes inibem a coagulação sanguínea.

Quais os benefícios do chá de capim-limão?

Uma das formas mais populares de uso do capim-limão é o chá. A bebida é utilizada de forma terapêutica, com ação calmante, ansiolítica e no combate à insônia. Além disso, confira a seguir outros benefícios.

1. Alívio de dores

Por ter propriedades analgésicas, o chá é muito usado para aliviar enxaqueca e dores de cabeça em geral, além de dores nas costas, nas articulações e lesões causadas pela prática esportiva. Também costuma ser usado no tratamento de cólicas menstruais.

2. Ajuda na digestão

O chá fornece alívio para distúrbios gastrointestinais e contribui para a boa digestão, além de ajudar a combater infecções.

3. Tem efeito diurético

O chá também alivia a retenção de líquidos, ajudando a diminuir o inchaço e desintoxicando o organismo.

4. Ajuda a controlar o colesterol

O uso frequente do chá reduz os níveis de colesterol ruim (LDL) e triglicerídeos. Com isso, ajuda a prevenir o acúmulo de lipídios nos vasos sanguíneos, reduzindo o risco de problemas cardíacos.

5. Contribui para o controle da diabetes

O citral, uma das substâncias presentes no capim-limão, ajuda a manter estável o nível de insulina no organismo, melhorando a resistência à glicose.

Como preparar o chá?

O chá de capim-limão pode ser tomado quente ou gelado. Para prepará-lo, basta fazer uma infusão das folhas em água quente. Deixe o recipiente tampado até a temperatura ficar agradável para o consumo e coe as folhas. A medida ideal é de 4 a 6 folhas picadas para cada xícara de água.

É possível ainda adicionar limão e gengibre. O principal cuidado ao preparar o chá é evitar ferver as folhas, pois, com isso, elas perdem suas propriedades nutricionais. Existem, inclusive, opções de chás preparados com folhas secas. No entanto, dessa forma alguns benefícios da erva podem ser perdidos.

O ideal é consumir o chá produzido a partir de folhas frescas. Se forem cultivadas de forma orgânica, ainda melhor. Você sabia que na Pousada dos Chás Hotel Boutique o capim-limão cresce em um jardim ao lado de outras ervas, que dão origem ao nome do local?

Diariamente, a pousada oferece aos hóspedes o chá da tarde como opção de relaxamento e reposição de energias. E o chá de capim-limão, claro, está sempre presente no cardápio.

Quer conhecer outros ingredientes utilizados em nosso ritual do chá? Então, continue a visita em nossa página e descubra as propriedades do chá de limão!

 


Escreva um comentário