Chá medicinal normalmente nos remete a antigos costumes das pessoas do interior. Entretanto, essa questão não se baseia somente no senso comum. O hábito de tomar chás para curar certas enfermidades prevalece até hoje, mesmo na vida nas grandes cidades, e já tem embasamento científico, inclusive.

Sim, não é a toa que alguns chás são usados para atenuar certos sintomas ou, até mesmo, em determinados tratamentos. Algumas ervas contêm propriedades comprovadamente medicinais. O melhor é que estamos falando de produtos naturais, que certamente trazem benefícios para a saúde em termos gerais.

Se você deseja saber mais sobre os chás medicinais, continue lendo. O nosso artigo de hoje traz um especial sobre o assunto.

O que são chás medicinais?

Chás medicinais são infusões de água com plantas que têm propriedades benéficas para a saúde e o bem-estar. Elas não são necessariamente remédios, mas podem auxiliar no alívio de certos sintomas de acordo com os componentes nutricionais presentes nelas. Portanto, o consumo regular interfere diretamente na qualidade de vida das pessoas em geral.

Quais são os principais chás medicinais e suas propriedades?

Chá de boldo

Apesar de o sabor da folha não ser muito agradável para alguns, essa planta é conhecida por sua eficácia no tratamento de problemas estomacais. Na verdade, o boldo tem um efeito calmante que age especialmente sobre a flora intestinal. Por essa razão, ele ajuda a aliviar sintomas como náuseas, vômitos e cólicas abdominais.

Chá de camomila

A camomila é conhecida por suas propriedades relaxantes. Por essa razão, há quem faça uso do chá para combater a insônia e outros distúrbios relacionados ao sono. Arriscamos até dizer que esse chá é, de certa forma, um sedativo. Pessoas muito nervosas ou ansiosas também podem se beneficiar bastante dessa planta. Além disso, há mulheres que a utilizam para alívio das cólicas e outros incômodos menstruais.

Chá de erva-doce

A erva-doce contém potássio, que é ótimo para equilibrar a pressão arterial e os batimentos cardíacos. Nela, também está presente a vitamina C, que auxilia o organismo no combate a agentes infecciosos. Além disso, essa planta contém outros nutrientes, capazes de ajudar a manter as funções digestivas em bom funcionamento e, até mesmo, a promover a desintoxicação do organismo em relação a metais.

Chá de hortelã

Quem sofre com má digestão, flatulência, vômito e outros incômodos relacionados ao trato digestivo pode se beneficiar do chá de hortelã. Além disso, essa planta contém propriedades calmantes e expectorantes. Podemos considerar também que a hortelã ajuda a aliviar dores de cabeça, por ser vasodilatadora, e, quando associada ao gengibre, pode combater a febre.

Como você pôde ver, o chá medicinal é um importante aliado não só no tratamento de doenças, mas também na manutenção da saúde e do bem-estar. Incluí-lo em sua alimentação pode ajudar a dormir melhor, reduzir a ansiedade para lidar com os desafios do dia a dia e evitar os incômodos estomacais, como azia e má digestão.

Este post foi útil para você? Então, não deixe de compartilhá-lo nas redes sociais.

 


Escreva um comentário