Quer experimentar ostras em Florianópolis? A famosa Ilha da Magia é a responsável pela maior produção nacional desse molusco. Seu principal consumo é no período de outubro a dezembro. Não é à toa que é nesse local que encontram-se os melhores restaurantes de frutos-do-mar. Por essa razão, as pessoas interessadas na culinária local não podem deixar de frequentá-los ao visitar a cidade.

Existem vários lugares para apreciar uma boa comida. Muitos deles têm cardápios variados. Alguns dos mais famosos estão localizados em Ribeirão da Ilha e em Santo Antônio de Lisboa. Geralmente, eles oferecem moluscos frescos e uma experiência gastronômica incrível.

Confira alguns excelentes ambientes para saborear uma refeição de qualidade!

1. Rancho Açoriano

Esse é um tradicional restaurante de Ribeirão da Ilha, inaugurado em 1997. Ele tem uma fazenda própria para cultivo das ostras. Seu menu é bastante diversificado e à base de frutos-do-mar. Além do renomado molusco, um dos pratos em destaque é a moqueca. Atualmente, a parte externa do ambiente foi reformulada — o que proporcionou ainda mais charme e aconchego ao lugar.

2. Freguesia Oyster Bar

Localizado em Santo Antônio de Lisboa, ele é o principal estabelecimento que oferece um cardápio variado à base de ostras. Nesse lugar, o cliente pode ter uma experiência completa. Isso porque é possível visitar a fazenda marinha e ainda degustar o molusco no restaurante à beira-mar.

Um dos seus pratos mais procurados é a sequência de ostras que são servidas ao bafo. Além desse tipo de preparação, o consumidor também pode optar pela ostra à dorê, gratinada, alho e óleo ou cozida na própria água que existe dentro dela. Também, há a possibilidade de comer espetinho, risoto, estrogonofe e pastel desse mesmo fruto do mar.

3. Ostradamus

Criado há 18 anos, ele é mais um dos lugares para comer ostras em Florianópolis que fica em Ribeirão da Ilha. Ao longo do tempo, o local tornou-se uma referência da gastronomia da região. Isso ocorreu, principalmente, quando ele recebeu o prêmio de “Melhor Ostra” em 2012 pela Revista Veja. Assim como alguns dos estabelecimentos já citados, o restaurante também tem uma produção própria.

Seu ambiente é muito bem decorado, com características de um lugar rústico. Isso gera a sensação de estar em um trapiche sobre o mar. Logo na entrada, há um viveiro cheio de ostras vivas, imersas em água do mar filtrada. Esse detalhe garante um sabor suave ao molusco, além de uma cor mais clara e livre de contaminantes. No espaço interno, há várias mesas, mas quem preferir pode optar pela vista para o mar do lado de fora.

Mais uma de suas qualidades é o atendimento da casa. Os turistas que desejam saborear os diferentes pratos devem ficar atentos. Isso porque o local costuma ter sempre uma lista de espera por estar sujeito a lotação — principalmente, nos finais de semana. O menu do Ostradamus conta com várias entradas, porções e pratos principais. Geralmente, servem duas pessoas. Os valores variam, em média, de R$18,00 a R$ 168,00.

4. Mercado Público

Esse comércio é bastante frequentado e fica no centro histórico da cidade. Nele, os clientes encontram uma vasta diversidade de produtos. No local, é possível notar os restaurantes típicos e as ostras vindas direto das fazendas — que são vendidas para quem quer cozinhar em casa.

Normalmente, as peixarias do ambiente funcionam de segunda a sexta-feira e aos sábados. Os restaurantes abrem durante a semana até a 22 h. Nos sábados, eles ficam abertos até 15 h, aproximadamente.

5. Umas e Ostras

Um lugar gostoso e bastante simples que fica à beira-mar. Ótimo para os viajantes que gostam de beber uma cerveja e petiscar. O lugar é especializado em frutos-do-mar e serve diferentes tipos de pratos à la carte. Além disso, eles contam com uma variedade de peixes grelhados — que são feitos em uma churrasqueira a carvão. Os clientes podem experimentar camarão, atum, anchova, ostras frescas, filé de congrio rosa e entre outros.

O restaurante está localizado em Ribeirão da Ilha e é mais um dos ótimos lugares para comer ostras em Florianópolis. Seu atendimento é excelente e satisfaz diversos turistas que visitam o local.

6. Porto do Contrato

Localiza-se em Ribeirão da Ilha e é um dos primeiros restaurantes que aparecem na visão de quem chega no bairro. Ele é considerado um dos mais importantes da cidade, pois era conhecido desde de 1526. Isso se deve ao Sebastian Cabotto, que nessa época deu o nome à Ilha de Santa Catarina e a região de Ribeirão. Essa história está em um mural logo na entrada do estabelecimento.

O cardápio do Porto do Contrato conta com entradas e pratos principais cheios de variedades, como ostras, camarões, isca de peixe, lula, etc. Não é à toa que um dos seus pratos é chamado de “Ostrentação”. Os preços variam entre R$19,00 a R$ 149,00, em média. O restaurante é rústico, com vista para o mar e muito encantador. Ele tem esse nome porque, antigamente, havia um pequeno porto no local em que foi fundado.

7. Rita Maria Lagosteria

Esse é mais um dos lugares para os turistas consumirem ostras em Florianópolis. Ele está situado no centro da ilha, em uma casa açoriana tombada. Ela foi construída próxima à Ponte Hercílio Luz no século XIX. Além dele ser uma espécie de museu, o local tem apelo histórico e é administrado pelo chef e mergulhador Narbal Correa.

Seu foco é a cozinha tradicional da região. O menu oferece diversas especialidades da culinária típica, tudo com muita sofisticação. Uma das receitas mais famosas da casa são as Ostras Gratinadas com Queijo. Normalmente, suas iguarias incluem:

  • moluscos;
  • camarão;
  • mariscos;
  • lagosta e entre outros.

Se você é um viajante que preza por qualidade e sofisticação, não deixe de frequentar alguns desses restaurantes quando visitar a ilha. Eles são ótimos lugares para comer ostras em Florianópolis. Então, selecione aquele que mais agrada ao seu paladar e vá com sua família e amigos. Geralmente, os locais com a gastronomia tradicional da região são excelentes, tanto pela história que trazem quanto pela experiência de experimentar as comidas típicas da região.

Gostou dos ambientes e cardápios citados neste artigo? Aproveite e assine nossa newsletter para receber mais dicas e informações turísticas no seu e-mail.





loading…


Escreva um comentário