A praia de Lagoinha é considerada, por muitos, como sinônimo de paz e tranquilidade. Com suas áreas arborizadas, é possível descansar e aproveitar o dia em um dos locais mais convidativos de Florianópolis.

Nessa região, é possível ter paz e, ao mesmo tempo, estar próximo à badalação, pois, apesar do sossego e da simplicidade, ela fica perto de áreas que têm fortes infraestruturas para receber turistas.

Acompanhe o post a seguir e conheça um pouco da história e das características desse lugar!

História da praia de Lagoinha

Os primeiros habitantes da praia de Lagoinha pertenciam a colônias de pescadores. O mar dessa localidade é aberto para o norte, onde se encontram as tainhas. A praia é conhecida por suas ondas serenas, o que facilita com que os barcos quebrem a arrebentação. Esses aspectos tornam Lagoinha um ambiente propício para a pesca.

Os primeiros habitantes também tinham atividades agrícolas entre os afazeres que integravam o seu modo de vida. Milho, café e mandioca, por exemplo, estavam entre os itens mais cultivados por eles.

As primeiras casas de veraneio foram se estabelecendo aos poucos. Eram de famílias ávidas por tranquilidade e um modo de viver mais simples. Até hoje, o local não tem muitas casas residenciais, porém, é possível encontrar algumas à beira da praia.

Por estar próxima a polos de serviços, como a Cachoeira do Bom Jesus e Canasvieiras, a região não necessitou de construções comerciais e pôde preservar suas áreas verdes. Ela ainda é considerada um núcleo pesqueiro e é a queridinha de muitos moradores e turistas. Veja alguns de seus principais aspectos:

Localização e tamanho

A praia de Lagoinha é pequena e está localizada no extremo norte da Ilha de Santa Catarina. Ela fica a 34 Km do centro da cidade, tem 760 metros de extensão e sua largura pode variar de 12 a 35 metros, dependendo da região.

O início da praia é na Ponta do Rapa (oeste), e o final é na Ponta da Lagoinha (leste). Nas duas extremidades, existem trilhas — uma delas chega a territórios remotos do norte da ilha.

Conheça a Pousada dos Chás

Formato e nome

Um semicírculo faz o formato da praia. As suas duas extremidades são protegidas por costões de vegetação espessa, o que faz com que ela tenha característica de enseada.

Por sua geografia, ela pode ser classificada como um estuário, pois é um local cujas águas do rio desembocam no mar. Uma lagoa é formada em sua foz quando as areias represam a água doce que vem dos pequenos flumens, e é dessa formação que surgiu o seu nome, Lagoinha.

Águas e areias

As águas dessa praia são transparentes e calmas, sem ondas e sem repuxes, o que faz lembrar uma piscina. Além disso, os costões fazem com que elas sejam quentes. Sua profundidade se acentua aos poucos, e suas areias são claras e finas, ideais para fazer caminhadas.

Essa é uma das praias prediletas dos turistas argentinos e uruguaios. Seu verdadeiro nome é Lagoinha de Ponta das Canas, mas ela também é conhecida como Lagoinha do Norte, pois isso a diferencia da Lagoinha do Leste.

A região é muito frequentada por famílias com crianças, pois suas águas calmas e claras permitem que os pequenos brinquem com suas pranchas, colchonetes, brinquedos infláveis etc.

Para quem gosta de interagir com a natureza, além de terem um visual estonteante, as águas transparentes permitem a visualização de peixinhos. E para que seus visitantes possam aproveitar melhor o dia, a praia de Lagoinha conta com boas opções de bares, restaurantes, pousadas, hotéis e lojinhas em seus arredores.

Gostou deste post? Quer conhecer as maravilhas dessa praia e de várias outras de Florianópolis e hospedar-se em uma das melhores pousadas da região? Então, entre em contato conosco e conheça nossos serviços!

Ah… e não deixe de assinar nossa newsletter.

 


Escreva um comentário